Semana Farroupilha: a comemoração mais importante para os gaúchos

semana frroupilha como comemorar

Semana Farroupilha: a comemoração mais importante para os gaúchos

1024 683 Blog do Costão do Santinho

A Semana Farroupilha é motivo de orgulho para a memória de muitos gaúchos. Ela ressalta o sentimento de pertencimento à ‘República Rio-Grandense’ e faz vibrar no peito a tradição e os costumes desse povo tão característico no sul do Brasil.

A comemoração dessa semana tem origem na Revolução Farroupilha, ocorrida no ano de 1835. Antes de falarmos mais sobre os costumes da Semana Farroupilha, vamos entender brevemente o que foi essa revolução?

O que foi a Revolução Farroupilha?

Antonio Parreiras - Proclamação da República Piratini - revolução farroupilha
A Proclamação da República Piratini, de Antônio Parreiras

Essa revolução tem como ápice o dia 20 de setembro de 1835, dia da proclamação da República Rio-Grandense, criada por rebeldes – os farrapos – em protesto contra as tributações de charque e erva-mate produzidas no Rio Grande do Sul. A revolução durou 10 anos e acabou com o Tratado de Poncho Verde, que aquietou os ânimos e abrandou o ideal separatista dos envolvidos na época.

Mesmo sem ter tido grandes avanços nas questões territoriais, como exemplo a proclamação da República Juliana, em Santa Catarina, que teve influência desse movimento e durou apenas alguns meses, a luta dos farrapos é motivo de orgulho, pois representa um povo que não deixou-se abater pelas pressões do império para defender seus interesses.

Justamente por isso, comemora-se a Semana Farroupilha, como homenagem aos homens que perderam suas vidas na época para defender os ideais e interesses do sul em âmbito nacional.

O que se comemora na Semana Farroupilha?

A Semana Farroupilha é uma semana inteira dedicada à exaltação das tradições gaúchas em memória de um povo guerreiro. Com isso, uma série de atividades são realizadas nas mais diversas cidades gaúchas e fora delas a fim de aproximar o povo da tradição, entre o período de 7 a 20 de setembro – sendo este último dia, feriado estadual.

Que tal um pouco de humor com Jair Kobe, o ‘Guri de Uruguaiana’ sobre a Semana Farroupilha? Confira!

Guri de Uruguaiana, gaúcho raiz, falando com muito bom humor
sobre a Semana Farroupilha

A seguir, acompanhe algumas das tradições gaúchas exaltadas neste período e como os gaúchos comemoram a data.

Vestindo as roupas típicas

A roupa de peão e de prenda, conhecida como Pilcha, é considerada roupa de gala no Rio Grande do Sul. Durante a Semana Farroupilha, é comum ver várias pessoas desfilando com a pilcha e com o mate na mão.

Participando de cavalgadas e desfiles

semana farroupilha - revolução farroupilha

Nos campos dos Pampas, o cavalo é um animal muito importante e utilizado nas estâncias. Organizar cavalgadas em homenagem à luta dos Farrapos é algo bastante comum para a época. Desfiles também costumam ocorrer nas cidades, a lembrar de heróis do povo como Giuseppe Garibaldi e Bento Gonçalves.

Os duelos de trova

Os duelos de trova são competições de versos que os gaúchos fazem para saudar a sua história. O estilo desses duelos é semelhante aos repentes do nordeste, mas com histórias típicas do sul e com o característico sotaque gaudério.

Jogos típicos gaúchos – truco e bocha

As canchas de bocha fazem parte da cultura gaúcha, bem como o jogo de Truco – tradicional jogo com baralho espanhol, mas que ganha particularidades ao estilo gaudério. Esses jogos fazem muita parte da vida dos gaúchos, não só na Semana Farroupilha.

As danças tradicionais e a saudosa Chula

A Chula

As danças gaúchas são belíssimas, pois tem muito movimento e agilidade. O peão e a prenda saem riscando pelo salão ao som da viola e do acordeão. Além das danças de pares, tem a tradicional Chula, que é um duelo de dança com traços de sapateado em meio a uma lança posta ao chão.

Costelão 12 horas

Costelas bovinas assadas lentamente no fogo de chão no Costão do Santinho, o famoso 'Costelão 12 horas'
Costelas bovinas assadas lentamente no fogo de chão no Costão do Santinho, o famoso ‘Costelão 12 horas’

Das tradicionais comidas típicas, o churrasco ganha destaque entre os gaúchos e no churrasco, a estrela é o Costelão 12 horas, assada no fogo de chão. Nesta configuração, grandes pedaços de costela ficam assando lentamente espetados ao chão até que se atinja o ponto ideal. O processo é lento, mas o resultado é muito saboroso – ainda mais na Semana Farroupilha.

Comemorando a Semana Farroupilha no estado vizinho: Santa Catarina

piscina borda infinita costao do santinho na semana farroupilha
Piscina de borda infinita do Costão do Santinho – uma das
sedes da Semana Farroupilha fora do Rio Grande do Sul

Todas essas tradições estão dentro do coração de todo gaúcho e muitos deles acabam comemorando o feriado de 20 de setembro fora do estado. Um destino muito procurado é Santa Catarina, que sempre recebe muito bem seus vizinhos de território e irmãos de tradição.

Valorizando toda essa identidade, o Costão do Santinho tem um pacote especial em homenagem à Semana Farroupilha, que acontece entre 18 e 20 de setembro. No pacote, o hóspede contará com um serviço All Inclusive com todos os cuidados de segurança sanitária exigidos e desfrutará de um fogo de chão tradicional, com rodas de mate e música tradicional.

Vem curtir a Semana Farroupilha com segurança e honra à tradição. Vem pro Costão!

Leave a Reply